You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
A Amante do Sheik

Livro: A Amante do Sheik Página 2

Autor - Fonte: Sharon Kendrick

Anterior 2 / 56 Próxima
... s por trás da clientela influente do Brooke. Estrelas do cinema. Empreiteiros. Reale¬za. Qualquer pessoa que fosse alguém. Eles sempre se apinhavam na mansão do século XVIII onde jamais havia um quarto livre. Onde, como cliente, você pagava um alto preço para ter luxo e discrição. Sienna subiu no elevador que saía na cobertura. Tinha uma reunião com um sr. Altair e, antes de en¬contrar um cliente, sempre divagava sobre o tipo de festa a ser encomendada. Talvez uma temática? Sienna sorriu. Seu trabalho exigia que tivesse a ca¬pacidade logística de um general, combinada com a maleabilidade de um diplomata. A porta da cobertura foi aberta por um homem alto e de pele morena. Um sexto sentido deveria tê-la avi¬sado, mas por quê? Com seus olhos negros e terno caro que mal disfarçava a arma no bolso na altura do peito, o sujeito parecia outro guarda-costas qualquer e ela estava bem acostumada com isso. — Olá. — Ela sorriu. — Sou Sienna Baker e tenho uma reunião com o sr. Altair. Ela percebeu um leve estremecimento nos traços impassíveis dele, mas ele meramente assentiu com a cabeça e abriu a porta do apartamento. Ele abriu pas¬sagem para ela, mas não a acompanhou e, quando a porta se fechou em suas costas, Sienna sentiu-se inexplicavelmente apreensiva. Como se tivesse sido presa. Em uma armadilha. Ela olhou ao redor, tomada por sensações diferen¬tes que começavam a se amontoar em sua mente. Por um momento ficou tonta com o impacto da luz que vinha das enormes janelas e pestanejou enquanto um cheiro suave e familiar começou a incomodá-la. O cheiro exótico a atormentava e fazia seu estômago doer e ela não conseguia entender por quê. E então ela viu o homem parado de costas, com a silhueta marcada pelo céu azul de Londres. Alto e moreno, altivo, como se tivesse sido esculpido em uma rocha negra. Sienna sentiu o sangue sumir de seu rosto quando ele se moveu, como uma estátua crian¬do vida. Ela respirou descrente enquanto ...
entava divisar as feições do vulto na contraluz e sua mente gritava em protesto quando tentava registrar cada detalhe. Os ca¬belos negros lisos com uma discreta ondulação. Os ombros largos e as longas pernas. O ar arrogante e autocrático. Por favor, não. Por favor. O cheiro que penetrava a suíte tornou-se mais compreensível. E o olfato não era o sentido mais evocativo de todos? Ela teria gemido ou emitido um ruído? Fora por isso que ele se virará? A respiração dela prendeu na garganta e ela começou uma oração silenciosa. Re¬zou como há muito tempo não fazia, pedindo a uma presença misteriosa para aliviar sua dor. Não permita que seja ele. Por favor, não permita que seja ele. Mas o coração dela batia como uma pe¬dra, quando ele virou-se para fitá-la. Hashim a analisou com olhos negros e frios, reco¬nhecendo a forte punhalada de desejo em sua virilha com uma espécie de sorriso de prazer, lembrando das pernas dela esparramadas da última vez em que se vi¬ram, e o desejo só fez aumentar. Ele se negara aquele momento por muito tempo, achando que poderia passar sem ele, mas o desejo se mostrara irresistível. Hashim desprezava a fraqueza que fazia com que a quisesse, mas se entregara final¬mente. E pretendia saborear cada momento. Aquela mulher que o enganara pagaria, e pagaria com seu corpo! Ele deixou que seus olhos negros percorressem o corpo dela, para ver se o tempo tinha acabado com a perfeição, mas ela permanecera tão firme e luxuriosa como um Saluki premiado — os cães de caça mais fortes das tribos de sua terra natal. Era difícil dizer o que a tornava tão atraente, pois não tinha uma aparência da moda. Era muito pequena e curvilínea para os padrões modernos, mas seu cor¬po era de matar. E se somasse a isso a inocência e a sensualidade. Inocência! Os lábios de Hashim enrijeceram quando ele pen¬sou na aparência da falsidade. Ele levantou o olhar, na direção do rosto dela. Sua pele era muito branca, ele p ...

Anterior 3 / 56 Próxima
Comentários:
N: Lindo demais.
Vivi Veras : Realmente que sheyk convencido,mas tudo bem! O que importa é bque wlw se derreteu todinho de amor pela mocinha e isso valeu a pena.Linda história..
Bruna : Apaixonante 20/03/2018.
Cida: Amei... vale a pena..
jaquelyne ferreira carneiro : cvbv.
ilda: Lindo, amei.
minuche: q sheik durão.credo.e a mocinha custa ter uma oportunidade pra contar a verdade..mas como sempre o amor lança fora o medo e tudo se transforma.gostei da história..
Sara: Lindooooo Ameiiii.
! Rosangela: Linda .
Josy: Lindo, amei o romance..
Mary Sanntos: Belo romance amei .
valmira: muito bom!.
Mary: Lindo amei eu recomendo .
Ma´: um sonho.....
denise: adorei.
Nina: Adorei e lindo !!!.
Aynalem: Apenas maravilhoso amei.
Deixe aqui seu comentário sobre este livro:
Nome:
Comentário: