Whats: (11)991916085

Você está em: Página inicial / Especiais / Pacto de Ternura

Terapia de Regressão de Memória

Pacto de Ternura

Livro: Pacto de Ternura

Autor - Fonte: Kate Walker

Ir para a página:

... Rough Diamond
Kate Walker


Magoado com os preconceitos de Carla, Saul decide se vingar!
O jantar promovido por Carla seria um teste definitivo para ela: ao confrontar Saul e a própria família provaria existir uma ponte entre dois mundos que antes julgara totalmente opostos.
Mas a poucas horas do encontro mal podia conter a ansiedade. Sua insegurança era tanta que havia chegado ao cúmulo de recomendar a Saul que vestisse um terno para aquela ocasião informal. Como esperar a aceitação da família se ela mesma continuava a se envergonhar de Saul Diamond?



Digitalização: Afrodite
Revisão: Cris Paiva


Copyright: Kate Walker

Titulo original: Rough diamond

Publicado originalmente em 1986 pela Mills & Boon Ltd.,
Londres, Inglaterra.

Tradução: William Graham Clark

Copyright para a língua portuguesa: 1987

EDITORA NOVA CULTURAL LTDA.
Av. Brigadeiro F
ria Lima, n° 2000 — 3º andar
CEP 01452 — São Paulo — SP — Brasil


Capítulo I

— Eu tenho a impressão de que já estive aqui antes — Carla Phillips falou consigo, em voz alta, espantando alguns pardais à sua frente. Para ela as pedras do calçamento pareciam incômodas de pisar e dificultavam a caminhada.
Porém, fazia o passeio sem queixas ou protestos, pois seus olhos podiam usufruir de uma paisagem única na poluída e velha Inglaterra; por exemplo, a vivacidade daquela cerejeira com ramos carregados de flores se espalhando sobre a entrada para carros da moderna residência que tinha diante de si.
No entanto, foi a figura imponente do homem que se curvava sob o capo do automóvel, ao que tudo indicava examinando o motor, que atraiu sua atenção, provocando aquela empatia familiar.
Hattie, a amiga que ia visitar, adepta da parapsicologia, costumava dizer que essa sensação ocorria por se ter vivido o mesmo fato no passado, por um reconhecimento subconsciente e involuntário de uma outra vida.
Como Carla era racional e materialista, não podia aceitar as teorias de Hattie, que acreditava em reencarnações.
Era difícil encontrar uma interpretação que justificasse a contento, e esclarecesse definitivamente aquele sentimento que a assolara, mas nem por isso iria recorrer ao sobrenatural para acobertar ou aplacar sua ignorância.
Percebeu, então, que ficara imóvel. Seus olhos não conseguiam se desviar do estranho, e ficou aliviada por ele estar concentrado no trabalho e, portanto, alheio à sua curiosidade.
Imaginou se podia ser o dono do carro e da casa, todavia duvidava que o fosse. O elegante bairro de Wendover Crescent era famoso pelos moradores ricos e por suas luxuosas mansões. Aquele sujeito alto e forte não parecia ser um habitante do lugar. Não com aquelas roupas.
Perguntou-se como é que sua incorrigível e desorganizada sócia acabara se casando com o metódico e ordeiro Tom Manning, um dos mais famosos contabilistas do país, e viera morar ali. Hattie devia contrastar, e muito, com a vizinhança tranqüila e importante de Wendover Crescent.
E, diante dela, estava alguém que, do mesmo modo da amiga, não se ajustava àquela localidade.
O sujeito debaixo dos ramos da cerejeira, ao lado das linhas aerodinâmicas do automóvel branco, destoava da paisagem.
Lembrava-se de que Hattie tinha sido engraçada ao comentar sobre os vizinhos, ao descrever os hábitos e as roupas elegantes que trajavam apenas para aparar a grama do jardim aos domingos.
Mesmo para consertar um carro, os moradores do lugar não apareceriam daquele jeito, usando calça de brim desbotada e remendada ou vestindo camiseta de manga cavada, suja de óleo.
Mas, por incrível que fosse, aquela vestimenta caía bem ao estranho; a camiseta sobre os ombros largos realçava os músculos dos braços, e a calça bem ajustada às pernas enfatizava a cintura masculina.
Foi com um sobressalto que Carla voltou à realidade. O que fazia parada como uma idiota, olhando inerte para um desconhecido?
Questionou-se pelas vezes em que tinh ...

Ir para a página:

Busca Google