You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
A Princesa Indiana

Livro: A Princesa Indiana Página 2

Autor - Fonte: Suzanne Enoch

Anterior 2 / 97 Próxima
... fato, um bom negócio. — Conte-me seu segredo, Shay! Usa magia negra para enfeitiçar as pessoas? Não posso pensar em outra coisa quando vejo homens inteligentes e de bom senso vendendo a lua para você por quase nada. — Não saberia o que fazer com a lua. O valete bateu à porta, de modo discreto, e entrou. — Suas botas, milorde. Ficaram novas. Enquanto Caine o ajudava a calçá-las, Charlemagne riu. — Já que perguntou, Zach, o segredo é paciência e espírito de observação. Um cavalo de raça, como o que comprei, de nada serve para seu dono se este não tem dinheiro nem para pagar as despesas de casa. — Isso parece um tanto frio e desumano. — Por isso chamamos de negócios e não de prazer. — Charlemagne se levantou. — Além disso, o cavalo de Dooley era meu único objetivo de hoje. — Pelo amor de Deus! — exclamou Zachary, rumando para a porta. — Vamos para uma festa. Espero não estar olhando para uma série de convidados que meu irmão "levou na conversa" pela manhã. Charlemagne balançou a cabeça. Não sabia como seu irmão caçula chegara a se casar diante da aversão que sentia pelos negócios. Afinal, casamento era um negócio também. — Sei que os detalhes estratégicos do comércio não lhe agradam, Zach. — É verdade. Converse sobre isso com alguém mais versado no assunto. — O fato de não lidar com esses assuntos não tira sua esperteza. Ouviram o rumor de passos nas escadas, o que indicava que o restante do clã dos Griffin chegara. No último ano, a família recebera dois novos membros: o marido de Eleanor, Valentine Corbett, marquês de Deverill, e a esposa de Zachary, Caroline. Por mais que amasse seus irmãos, às vezes Charlemagne não aguentava o barulho que faziam. — Shay — disse Eleanor, quando o viu descer. — Está linda, Neil; e você também, Caroline. O olhar de Charlemagne encontrou Sebastian, duque de Melbourne, seu irmão mais velho. Sebastian era o único que compartilhava seu g ...
sto pelos negócios. — Como foi sua reunião com Liverpool? — Promissora — respondeu o duque. — Creio que começa a perceber que o orgulho não é motivo para não comerciar com as colônias. — Talvez orgulho não seja uma razão, mas falta de imaginação, sim; e esta é ainda mais difícil de vencer — ponderou Charlemagne. — Concordo. E como foi o seu dia? Zachary surgiu por trás dele e bateu em seu ombro. — Fez Dooley chorar. Apesar de a compra do cavalo ter sido excelente, Charlemagne tivera outro encontro naquela manhã, que lhe parecia muito mais interessante e com grandes possibilidades. — Dooley não precisava aceitar minha oferta. Quanto à minha conversa com. — Valentine já lhe contou as novidades? — interrompeu Sebastian. — Não são exclusivas de meu marido — disse Eleanor, aproximando-se, e tomando o braço do esposo. Dessa vez, Zachary bateu nas costas do cunhado. — Dissimulado! E pensar que há um ano a ideia de casamento o fazia estremecer. — E agora vou ser papai. Foi um ano e tanto — murmurou o marquês, inclinando a cabeça e beijando Eleanor. Charlemagne deu um passo atrás enquanto as congratulações se prolongavam. Mais um membro da família estava a caminho. O bebê não levaria o nome dos Griffin, mas teria seu sangue, e acompanharia as brincadeiras de Penélope, a filha de Sebastian, agora com sete anos. Fitou Caroline, e pela expressão em seu rosto, percebeu que, apesar de proclamar não ser do tipo doméstico, a ideia de ser mãe já se infiltrava em seu cérebro. Ótimo, pensou com alegria. Quanto mais gente na família, melhor. A conversa começou a girar sobre nomes para o bebê, e Charlemagne se dirigiu ao vestíbulo. — Devo me encontrar com Shipley em vinte minutos — sussurrou para o mordomo, que lhe entregou o chapéu e as luvas. — Não vou atrapalhar a alegria dos outros, mas se alguém der pela minha falta, diga que já fui para a festa. — Muito bem, milorde — respon ...

Anterior 3 / 97 Próxima
Comentários:
A.s.franca: Amei! ♡ vamos para o último livro rs "o escândalo da princesa" .
Sara: Muito emocionante linda adorei.
minuche: delicia de historia.gostei....
Deixe aqui seu comentário sobre este livro:
Nome:
Comentário: