Whats: (11)991916085

Você está em: Página inicial / Marcantes / A meio caminho da sepultura
A meio caminho da sepultura

Livro: A meio caminho da sepultura

Autor - Fonte: Jeaniene Frost

Ir para a página:

... -
Halfway to the Grave

Em troca de encontrar seu pai, Cat concorda treinar com o sexy caçador da noite até que seus reflexos de batalha estejam tão afiados quanto as suas presas. Ela está espantada que ela não terminou como o seu jantar- há realmente bons vampiros? Rapidamente Bones a terá convencida de que ser meio-morto não tem que ser de todo ruim. Mas antes que ela possa aproveitar seu novo status de caçadora chutadora de traseiros de demônios, Cat e Bones são perseguidos por um grupo de assassinos. Agora, Cat terá que escolher um lado. e Bones está se tornando tão tentador quanto qualquer homem com um batimento cardiaco.
Capítulo Um
Eu congelei com as luzes vermelhas e azuis piscando atrás de mim, porque não havia nenhum jeito de explicar o que estava na parte de trás da minha caminhonete. Eu parei, prendendo a minha respiração assim que o xerife se aproximou da minha janela. ―Olá. Alguma coisa errada?‖ Meu tom era todo inocência, enquanto
eu rezava que não houvesse nada de incomum em meus olhos. Controle-se. Você sabe o que acontece quando fica chateada. ―Yeah, você tem uma lanterna traseira quebrada. Licença e registro, por favor.‖ Merda. Isso deve ter acontecido quando eu estava carregando a carroceria. Velocidade tinha sido a essência na hora, delicadeza não. Eu entreguei a ele minha licença verdadeira, não a falsa. Ele apontou sua lanterna para trás e para frente entre a identificação e o meu rosto. ―Catherine Crawfield. Você é a garota de Justina Crawfield, não é? Do Pomar de Cerejas Crawfield?‖ ―Sim, senhor.‖ Educadamente e suavemente, como se eu não tivesse uma preocupação no mundo. ―Bem, Catherine, é quase quatro da manhã. Porque você está na rua tão tarde?‖ Eu poderia dizer a ele a verdade sobre as minhas atividades, exceto que eu não queria passar por complicações. Ou uma estada prolongada em uma cela acolchoada. ―Eu não consegui dormir, então decidi dirigir por aí.‖ Para o meu espanto, ele caminhou até a carroceria da caminhonete e apontou sua lanterna para ela. ―O que você tem aí atrás?‖ Ah, nada incomum. Um cadáver sob algumas malas e um machado.
―Sacos de cerejas do pomar dos meus avós.‖ Se a batida do meu coração estivesse um pouquinho mais alta, iria ensurdecê-lo. ―Sério?‖ Com a sua lanterna ele cutucou um pedaço de plástico. ―Um deles está vazando.‖ ―Não se preocupe.‖ Minha voz era quase um guincho. ―Eles sempre vazam. Esse é o porque de eu os carregar nessa caminhonete velha. Eles mancham o fundo dela de vermelho.‖ Alívio caiu sobre mim quando ele parou sua exploração e retornou para a minha janela. ―E você está dirigindo por aí tão tarde porque não conseguiu dormir?‖ Havia uma linha de conhecimento em sua boca. Seu olhar foi para o meu cabelo completamente alto e despenteado. ―Você acha que eu vou acreditar nisso?‖ A insinuação era descarada e eu quase perdi o meu controle. Ele pensou que eu estava fora dormindo por aí. Uma acusação muda pendurou entre nós, ainda sem completar vinte três anos. Você é apenas como a sua mãe, não é? Não era fácil ser ilegítima numa pequena cidade, pessoas ainda mantinham isso contra você. Na sociedade de hoje em dia, você pensaria que isso não importava, mas Licking Falls, Ohio, tinha seu próprio conjunto de normas. Eles eram arcaicos na melhor das hipóteses. Com um grande esforço eu segurei minha raiva. Minha humanidade tendia a cair como uma pele descartável quando eu ficava irritada. ―Poderíamos manter isso só entre nós, xerife?‖ De volta a sinceridade piscando em meus olhos. Isso funcionou no cara morto, de qualquer forma. ―Prometo que não farei de novo.‖
Ele mexeu no seu cinto enquanto me considerava. Sua grande barriga apertada contra o tecido da sua camisa, mas eu con...

Ir para a página:
Comentários:
Fatima Valerio: Onde leio os outros livros da série por favor?.
Morgan: Perfeito. Não ah o que dizer..
Deixe aqui seu comentário sobre este livro:
Nome:
Comentário:

WhatsApp: (11) 9 9191 6085
Busca Google