Whats: (11)991916085

Você está em: Página inicial / Marcantes / Anjo Loiro

Terapia de Regressão de Memória

Anjo Loiro

Livro: Anjo Loiro

Autor - Fonte: Anne Mather

Ir para a página:

... (Fallen Angel)
Anne Mather



Alexandra era tão pura quanto uma criança. Criada num convento, não conhecia os segredos da vida e nem sabia a diferença entre a amizade e o amor que une um homem a uma mulher. Depois da morte do pai, foi viver numa fazenda no Uruguai, com Jason, seu tutor. E, naquela região, bela e solitária, começou a perceber que seu coração palpitava de modo diferente quando via Jason e que seu corpo estremecia quando ele tocava nela. Era o começo do amor e, na sua inocência, Alexandra podia sofrer muito, entregando-se a um homem mais velho e experiente.




CAPITULO I

Jason não gostava de Londres. Nem quando ainda era estudante e menos agora. As ruas congestionadas e confusas e o cheiro nauseante de gases de escapamento faziam-no ansiar pelos espaços abertos de sua fazenda. Mas é preciso que se diga que qualquer pessoa que observasse aquele
omem alto e impecavelmente vestido, moreno, e com traços levemente cínicos, nunca suspeitaria que ele somente se sentia em casa nos pampas desolados.
Era realmente estranho que, embora tivesse nascido e crescido na Inglaterra, se sentisse bem mais à vontade naquela república sul-americana onde tinha o seu lar. Não guardava boas recordações da infância, num orfanato, e os espaços limitados de sua terra natal nunca o tinham fascinado. Logo que conseguira o diploma de engenheiro, após sacrifícios, partira para lugares mais interessantes. Mas a construção de pontes na Austrália ou de oleodutos no Oriente Médio começaram a se tornar insípidos. Aí, surgira uma oferta; dinheiro alto. Então, resolvera participar das forças mercenárias que lutavam na África Central. Mas toda aquela fortuna não compensava a falta de auto-respeito que sentia ao enfrentar um inimigo descalço, equipado com péssima munição, enquanto ele possuía o que havia de mais sofisticado. Partira, então, para os Estados Unidos, com saldo suficiente para adquirir terras, mas perdera tudo num negócio imobiliário especulativo, ficando sem trabalho e sem dinheiro.
Foi então que conheceu Charles Durham.
Jason caminhou até a janela de sua suíte e olhou para a rua, alguns andares abaixo, sem o menor entusiasmo. Teriam se passado realmente quinze anos, desde aquela noite da briga no bar? Mal podia acreditar! Entretanto, tanta coisa tinha acontecido desde então!
Durham era um arqueólogo, que supervisionara uma importante escavação no México, e que tirara alguns dias para descansar em Nova Orleans. Os dois se conheceram na rua, em frente a um dos muitos bares do local. Jason estava completamente bêbado, lembrava-se agora, contrariado, apanhando do corpulento dono do bar, quando Durham ia passando e vira que se tratava de um compatriota em apuros, indo em seu socorro. Pagara a conta, que tinha sido o motivo da briga, e o barman, consciente de que um Jason sóbrio o venceria sem dificuldades, aceitara o pagamento, aliviado. Durham levara-o até seu quarto, e o tratara até que se recuperasse da bebedeira, e eventualmente o fizera reconhecer que estava se arruinando com aqueles negócios de terras. Depois, oferecera-lhe um trabalho nas escavações no México. Embora Jason não entendesse de arqueologia, havia sido um ótimo discípulo, ansioso por aprender.
Trabalhara quase dois anos para Durham, até que descobriram as ruínas de uma pirâmide maia, e lá embaixo, ainda intocada, a câmara mortuária. Mesmo agora, depois de tantos anos, Jason lembrava-se da emoção que sentira, descobrindo colares, anéis e braceletes que tinham ornamentado o esqueleto, e a máscara de jade que escondia os buracos dos olhos e a boca.
Depois de pagar os impostos devidos, Durham dividira os lucros entre eles. O arqueólogo pretendia usar o dinheiro para financiar um instituto de pesquisas na Inglaterra, mas Jason decidira passar algum tempo na América do Sul. Vivera um ano no Brasil e depois comprara terras em um pequeno local fronteiriço entre o Brasil e o Uruguai.
...

Ir para a página:

Busca Google